1.10.15

Cenas de casamentos

Faremos, este ano, 10 anos de casados. Não, não tem sido fácil. Manter, alimentar um casamento é complicado, se fosse fácil não teria tanto encanto.
E quando nos chateamos, coisa que aconteceu nestes 3 últimos dias, parte de mim não existe. É como se me faltasse vontade de viver. Não interessa quem tem razão, quem fez a asneira, quem disse mais do que devia. Errámos ambos, porque ficámos 3 dias amuados, de costas voltadas. Perdemos 3 dias de vida em conjunto. Que perda de tempo. Ou não. Porque é nestas alturas de problemas que me apercebo do quanto ainda és parte de mim. Do quanto ainda me fazes bem, e de ter a certeza que o que prometemos há 10 anos está presente e vivo.
Esta noite ficámos a conversar até às 02:04h. Porque há conversas que têm de se ter, por muito que nos custe. Esquecemo-nos da persiana aberta e podia ver o teu rosto, mesmo com a escuridão do nosso quarto, por causa da lua. Hoje o dia é mais colorido. E eu estou feliz.

Sem comentários:

Logo terei o trabalho árduo de ajudar o meu filho a decorar uma abóbora. Help.