29.4.14


Eu gostava que aquelas pessoas que se afastaram de mim me dissessem porque é que o fizeram. Tenho curiosidade em saber porque é que não perguntam como é que eu estou, porque é que deixaram de falar comigo, se me esqueceram, ou é só quando lhes apetece é que me mandam sinais de fumo.
Tenho pena desse afastamento. Eu não sei as razões, gostava de saber. Imagino-me sentada numa cadeira, com a pessoa à minha frente, e ela a dizer "olha, deixei de te ligar/falar porque isto, aquilo ou aqueloutro.", e pronto. Vinha outra e aconteceria o mesmo. Sentadas nas mesmas cadeiras. Frente a frente.
Dei tanto de mim, recebi tanto dessas pessoas e o tempo foi passando. Houve ali alguma coisa que as fez desligarem. Se fui eu que me afastei? hmm, acho que não. Eu estava sempre lá. Sempre estive. Sinto-me, em alguns casos, como se tivesse sido substituída. Fico no meu canto. Deixo-me estar quieta a ver se é do dia, do assunto, ou até do momento. Mas não. Dia após dia, confirmo que já não interesso. E porquê? Amizades por conveniência? Não sei. Mas gostava tanto de saber as razões. Que pena eu tenho.

1 comentário:

mmp disse...

Anónimo: resposta por e-mail.

Logo terei o trabalho árduo de ajudar o meu filho a decorar uma abóbora. Help.