28.6.13

E pela 2ª vez, a fada dos dentes passou lá em casa de madrugada...!
Ele já tinha o dente definitivo a nascer há várias semanas. Vê-se bem na imagem o quão já estava crescido. A dentista dele aconselhou a deixar cair o de leite, naturalmente. E assim foi. Ontem estava só preso por um fio e quando lhe dei banhoca incentivei-o a puxar, já que o dente mexia-se imenso até com o passar da língua. Corajoso, lá puxou e em milésimos de segundo puf!, dente na mão. Não chorou, bati palminhas, eu e o pai fizemos uma festa perante ele, demos os parabéns e pronto. Está lá um buracão mas já no 1º - ao lado deste - foi igual e o definitivo está no sítio direitinho.

Hoje de manhã, trouxemos o trabalhinho da escola, pedido pela educadora, a propósito dos Santos Populares. Saiu-me este manjerico. Tinha em casa um vasinho com um cato já a precisar de ser mudado, fiz um pompom com um fio de malha verde, tinha uma espécie de ráfia fina amarela e com a palhinha escrevi a rima da praxe. Ficou bem giro, modéstia à parte. ☺


Sem comentários:

Logo terei o trabalho árduo de ajudar o meu filho a decorar uma abóbora. Help.