27.3.13

Tanto para fazer e tanto para pensar

Estou num dilema relativamente à escolha da escola primária para onde vai o meu filho. Se por um lado o número muito reduzido de crianças da escola da freguesia me deixa numa angústia porque não queria nada que ele fosse inserido numa turma mista (1ª classe + 2ª classe), por outro o esforço financeiro se decidir mantê-lo na Instituição privada, que frequenta desde os 14 meses, me deixa com medo do futuro e de não conseguir gerir tudo ao mesmo tempo.
Não sei o que fazer.
Hoje de manhã disse-me que não queria continuar ali, que queria ir para a primária de Z (nossa freguesia) porque é finalista da pré-escola e já vai fazer 6 anos!.
A decisão de junção das turmas não é da escola primária. Tudo dependerá no número de matrículas e dos casos de alunos que necessitarão de ensino especial. Tantos 'ses' que me passam pela cabeça!
Há por aí alguém que tenha frequentado salas mistas? Se calhar não, mas posso ter sorte. Precisava tanto de testemunhos! Desde que soube o nº de crianças que o meu filho terá como colegas de classe que não penso noutra coisa. É tão reduzido que chega a ser ridiculo.
Não sei mesmo o que fazer.

Sem comentários:

Logo terei o trabalho árduo de ajudar o meu filho a decorar uma abóbora. Help.