13.12.12

Disparates num dia de chuva... ou não.

Faz-me confusão quem se remete a ser pau mandado. Quem não vê além das palas que lhe colocaram nos olhos, para não ficar mal perante 3ºs. Quem não tem coragem de argumentar ou contrapôr ideias que os outros defendem, porque lá está, emprenham pelos ouvidos, é giro ser-se assim e fazer tiro ao alvo. Vêm logo os abutres comer os restos do que ficou. Gentinha pequenininha. Gentinha que não passa de uma marioneta de falsidade, de sorrisos cínicos e palmadinhas nas costas.
Gosto disso. Desconfio é que deve haver umas quantas almas que nem dormem só a pensar no tiro que vai dar a seguir. Porque é giro, porque gostam de colocar os rótulos na testa - mesmo que nunca se tenham olhado ao espelho. Gente que não gosta de mim: larguem-me! Mania de ir cheirar todos os puns que dou! Eu limito-me a ignorar, façam-me o favor de fazer o mesmo, sim?
Dá-me para rir da estupidez alheia, que se há-de fazer? Não dá para mais.

Sem comentários:

Logo terei o trabalho árduo de ajudar o meu filho a decorar uma abóbora. Help.